Autor Tópico: Radiodifusão Digital Terrestre  (Lida 2484 vezes)

Pksato

  • Aço Inox
  • ****
  • Mensagens: 1.325
  • Maringá, Pr
    • Ver perfil
    • desconexão.net
Radiodifusão Digital Terrestre
« Online: Dezembro 08, 2014, 11:59:33 am »
A radiodifusão tem ensaiado a digitalização já há um bom tempo, mas nenhum dos
sistema desenvolvidos se tornou um padrão mundial, o que levou a uma estagnação,
restringindo os sistemas a uma determinada região. Contribuem também para a lenta
adoção, os custos, tanto dos transmissores e receptores e das licenças envolvidas.
O Brasil posterga a anos a decisão de se vai ou não adotar um padrão, ou liberar todas.
Existe uma comissão estudando o caso.
O rádio digital consiste na modulação da portadora a partir de dados digitais,
áudio e outros dados.
As modulações digitais usando são o OFDM, COFDM, QAM, DQPSK, etc.
O codec de áudio pode ser o MP2, variações AAC, HDC, etc.
Atualmente existem quatro sistemas principais em uso, ou reconhecidos pela UTI, que são:
DAB e DAB+, HDRadio, DRM30 e DRM+ e o ISDB-T.

O DAB (Digital Audio Broadcast) eo DAB+ são bastante usados na Europa e colônias,
usa duas bandas especificas, Banda III (174–240 MHz) e Banda L (1452–1492 MHz)
e outras, podendo operar acima de 30MHz.
O DAB usa um canal com 1.6MHz da largura de banda, comportando dezenas de programas ou rádios.
Com os mais variados bitrates, e consequentemente a qualidade do áudio.
Possuindo uma alta eficiência no uso do espectro.
DAB e um sistema aberto. Mas necessita o recolhimento de licenças das tecnologias usdas.
Não tenho conhecimento se o DAB foi testando no Brasil.
Pode ser decodificado usando SDR.

HDRadio, ou Hibryd Digital Radio, e um sistema desenvolvido para empresa americana iBiquity's,
existem versões para a banda de ondas médias e para o VHF (FM).
Operando na mesma banda das rádios analógicas e tendo as portadoras digitais
dentro do mesmo canal do analógico, sistema conhecido como IBOC (in-band on-channel).
Permitindo a transmissão simultânea da modulação analógica (AM ou FM) e da digital.
Com suporte a dois programas adicionais, HD2 e HD3 além do principal o HD1.
Possuindo um péssimo uso do espectro.
O HDradio e um sistema proprietário, pouco se sabe sobre os algoritmos internos,
somente e conhecido o mínimo exigido pela FCC. Possuindo um alto custo de licenciamento,
tanto para a emissora como para os receptores. Uma emissora já teve de pagar
mais de $100.000,00 somente pela licença de uso (pagamento único), o os receptores mais de $50 por unidade.
Atualmente parece que esta mais barato, mas as informações sobre o custos não são públicos.
Programas adicionais HD2 HD3 necessitam de pagamento de licença anual a  iBiquity's.
Não e permitido o uso de SDR, e necessário que o receptor seja todo em "hardware".
Parece também que a licença não permite compartilhar o mesmo hardware (chip) com outros modos digitais.
Além do licenciamento e do uso do espectro, existem diversas outras reclamações sobre o HDRadio, como a qualidade do áudio.
A um tempo atrás, algumas emissoras brasileiras ganharam uma licença temporária do HDradio,
cortesia do fabricante e a anatel concedeu uma licença temporária.
O HDradio já foi quase que descartado como padrão para o Rádio Digital no Brasil.
Mesmo com o lobby dos defensores do sistema. E, a reapresentante brasileira,
não consegui cumprir com o fornecimento de dados para a comissão.
O alto custo do licenciamento torna proibitivo o HDradio para as rádios comunitárias e ou as de baixa potência.

ISDB-T, sistema da TV Digital Brasileira, a uma sub especificação para uso em rádio.
Não tenho muito conhecimento sobre esse sistema.

DRM30 (Digital Radio Mondiale) e DRM+, outro sistema de origem europeia, operam em todas as bandas de rádio difusão. E mantido por um consorcio internacional, com participação de fabricantes, emissoras, governos e ouvintes.
Sendo o DRM30 especificado para operar até 30MHz, e o DRM+ acima de 30MHz. Sendo
o único sistema a operar nas ondas curtas. O DRM30 ocupa um canal de 9kHz, 10kHz ou 20kHz
e o DRM+ um canal de 100kHz. Possuindo um ótimo aproveitamento espectral.
o DRM e um sistema puramente digital, mas podendo ter transmissão simultânea com
o analógico na mesma banda e em canal adjacente ou não.
O DRM suporta até quatro programas.
Existem transmissões regulares de DRM30 em ondas curtas que podem ser recebidas no Brasil.
E um dos sistemas em analise pela comissão do rádio digital brasileiro, e o melhor testado a avaliado.
O DRM+ e um sistema novo, pouco testado se comparado a o DRM30. Mas tem apresentado resultados muito bons.
O DRM e um sistema aberto, sem restrições de uso, usa codecs conhecidos e bem documentados, tendo vários softwares que fazem a decodificação do DRM30, e do DRM+ em desenvolvimento.
Assim como o DAB, a necessidade de licencias as tecnologias envolvidas.
Essas licenças tem um baixo custo, absorvidos no custo total de um transmissor,
a emissora não precisa pagar nada. A licença do receptor vai de zero a alguns centavos de dollar.
O codec oficial e o AAC+, mas podem ser usados outros de licença livre.
Um rádio AM/OC comum, pode ser adaptado para que com a ajuda de um computador (placa de som) possa decodificar o DRM30. O DRM+ e um pouco mais critico, mas um rádio FM talvez também possa ser modificado.

A quase inexistência de receptores e um dos fatores (além dos diveros sistemas) que tem atrapalhado a adoção em massa do rádio digital. O HDradio e que tem a maior diversidade de receptores, seguido do DAB.
O HDradio praticamente esta restrito a os Estados Unidos, e o DAB a Europa. DAB esta sendo implantado em outros países.
Por outro lado, o DRM tem enfrentado o problema do fechamento dos grandes centros emissores em Ondas Curtas, e como consequência a falta de interesse dos fabricantes de receptores. Esse cenário pode mudar devido a necessidade de receptores na Índia, já que as emissoras publicas desse país estão migrando de AM para DRM30, tanto em OM como em OC e o FM para DRM+. Sendo a Índia atualmente um dos poucos que mantém transmissões intercontinentais em DRM30.
Devido a facilidade de receber, o DRM30 provavelmente e o que possui o maior número de ouvintes experimentadores.
No final de 2011, a EBC e o Min. Com. em parceria com o Consorcio DRM fez algumas transmissões de testes em DRM30 a partir do centro de transmissão (agora desativado) da RFI localizado na Guiana Francesa. Imagem abaixo mostra a tela do DReaM recebendo o sinal.

Parece que a EBC esta modificando um dos transmissores para transmitir em DRM30, testes no inicio de 2015. Transmissor esse que se encontrava inoperante e não estavam conseguindo os transistores de reposição.

« Última modificação: Dezembro 08, 2014, 15:22:02 pm por pksato »
Se os seres humanos não moverem seus lábios, seus cérebros começarão a funcionar. Don't Panic.

Miguel

  • Aço Inox
  • ****
  • Mensagens: 4.758
  • Dr. em ciências ocultas e letras apagadas
    • Ver perfil
Re:Radiodifusão Digital Terrestre
« Resposta #1 Online: Dezembro 08, 2014, 13:18:03 pm »
Grande e já falecido Apolon Fanzeres lutou muito na época da implantação do FM tupiniquim e isto numa época em que não se discutia muitos os padrões adotados pelos gringos e europeus.

Que diria então agora em plena efervescência das maravilhas cibernéticas e das batalhas de reserva de mercado, rs
"Algum dia,  invariavelmente,  haveremos de encontrar com nós mesmos, e somente de nós vai depender que seja a mais amarga das horas ou nosso momento melhor"

Pksato

  • Aço Inox
  • ****
  • Mensagens: 1.325
  • Maringá, Pr
    • Ver perfil
    • desconexão.net
Re:Radiodifusão Digital Terrestre
« Resposta #2 Online: Dezembro 08, 2014, 19:09:44 pm »
Sendo o DRM30 o sistema em que há maior facilidade de receber e ser mais adequado a rádio escuta, e o que irei descrever como sintonizar.
Por hora, fiquem com esses vídeos de minha autoria.
Voz da Russia, gravado em Dezembro de 2011, repare que há dois programas, um em inglês e outra em russo. Se me lembro, essa recepção foi de madrugada. E uma edição captura de tela e do áudio gravação direto pelo dream.
[youtube]stn1vaU5CEY[/youtube]

Novembro de 2011, CVC Chile, era a única emissão DRM feita regularmente direcionado ao Brasil. Áudio captado pelo microfone de câmera (ruim...). CVC Chile deixou de operar em 17 de Agosto de 2012.
[youtube]Bmjq-s_Mok8[/youtube]

Radio New Zealand, capturando em Abril de 2013. Captura de vídeo e áudio. Recepção não e perfeita.
[youtube]8QXlx26ZhTw[/youtube]

Recepção da transmissão de teste/demostração realizado em Dezembro de 2011 pela EBC (forneceu o programa), Ministério das Comunicações, Consorcio DRM, e TDF/RFI realizando a transmissão a partir da Guina Francesa. Filmado, áudio pelo mic da camera.
[youtube]9c_zS2TREiI[/youtube]







Se os seres humanos não moverem seus lábios, seus cérebros começarão a funcionar. Don't Panic.

Pksato

  • Aço Inox
  • ****
  • Mensagens: 1.325
  • Maringá, Pr
    • Ver perfil
    • desconexão.net
Re:Radiodifusão Digital Terrestre
« Resposta #3 Online: Janeiro 16, 2015, 00:40:10 am »
A EBC esta planejando o inicio das transmissões de teste em DRM nesta sexta 16 de Janeiro de 2015.
As informações que temos e o teste será realizando no frequência de 9750kHz, sem um horário definido, tão pouco a potência do transmissor, especula-se que será por volta de 100W.
Para receber DRM precisa de um rádio próprio;
Ou um dos abaixo combinado com o software DReaM.
Um receptor SDR capaz de sintonizar HF;
Um receptor de ondas curtas com um conversor de IF de 12kHz;
Em alguns casos, pode obter algum resultado com:
Rádio AM fazendo batimento com um portadora próxima de frequência do DRM.
Rádio de ondas curtas AM e um BFO de FI ajustável;
Rádio com SSB ou conversão direta que consiga um desvio de pelo menos 6kHz, e banda passante de áudio de 10kHz.
Receptor super-regenerativo.

Em Dezembro a EBC fez um teste não divulgado, usando um TX de 60mW, foi relatado o recebimento do sinal em Ariquemes, Rondônia, a uns 1700km da antena. Não se sabe se houve decodificação de áudio, provavelmente somente a identificação da emissora.


Se os seres humanos não moverem seus lábios, seus cérebros começarão a funcionar. Don't Panic.

Sandro_Ventania

  • Aço Inox
  • ****
  • Mensagens: 4.027
  • Rio das Ostras - RJ
    • Ver perfil
Re:Radiodifusão Digital Terrestre
« Resposta #4 Online: Janeiro 17, 2015, 12:37:23 pm »
60mW e uma banda passante de 10khz, em HF ...1700 km? É de duvidar...CW já seria proeza!, 
"Nós somos a consequência do que pensamos"

Pksato

  • Aço Inox
  • ****
  • Mensagens: 1.325
  • Maringá, Pr
    • Ver perfil
    • desconexão.net
Re:Radiodifusão Digital Terrestre
« Resposta #5 Online: Janeiro 23, 2015, 20:21:22 pm »
Para quem e versado na língua de Shakespeare, uma dissertação sobre sobre digitalização do rádio nos EUA, em especial sobre o HD-Radio.
https://www.ideals.illinois.edu/handle/2142/26240
Se os seres humanos não moverem seus lábios, seus cérebros começarão a funcionar. Don't Panic.

Miguel

  • Aço Inox
  • ****
  • Mensagens: 4.758
  • Dr. em ciências ocultas e letras apagadas
    • Ver perfil
Re:Radiodifusão Digital Terrestre
« Resposta #6 Online: Maio 25, 2015, 15:33:11 pm »
A sonda espacial voyager 1 está a 20 e tantos bilhões de quilômetros de nós e ainda manda transmissões, é certo que para receber são necessárias aquelas antenas trambolhosas gigantes.

Até agora não saiu da aba do nosso sistema solar, terá que pelo menos em tese navegar por mais uns 40.000 anos, daí pode se considerar que andou um pouco no espaço, porque entraria nos domínios de outra estrela .

Como é que saporra viajando a mais de 30.000 km de velocidade não bate em nada, rs

Acho que em matéria de transmissão e recepção nada desabona a velha guarda, rs
"Algum dia,  invariavelmente,  haveremos de encontrar com nós mesmos, e somente de nós vai depender que seja a mais amarga das horas ou nosso momento melhor"

Donisete Boratino

  • Visitante
Re:Radiodifusão Digital Terrestre
« Resposta #7 Online: Maio 25, 2015, 15:50:29 pm »
Eh... o universo é tão grande que fica até difícil caber na nossa imaginação.

Arthur

  • Aço Inox
  • ****
  • Mensagens: 1.222
    • Ver perfil
Re:Radiodifusão Digital Terrestre
« Resposta #8 Online: Maio 25, 2015, 18:05:34 pm »
e com tantos bilhoes de pessoas na terra ainda escolhem o molusco pra presidir esse putêro de brazil.....

Donisete Boratino

  • Visitante
Re:Radiodifusão Digital Terrestre
« Resposta #9 Online: Maio 25, 2015, 18:09:53 pm »
Eh..e ta querendo voltar em 2018......se a cirrose não o matar até lá.

Grtecno®

  • Aço Inox
  • ****
  • Mensagens: 9.453
  • Rio de Janeiro
    • Ver perfil
Re:Radiodifusão Digital Terrestre
« Resposta #10 Online: Maio 25, 2015, 19:21:23 pm »
Pqp

se eu tivesse dado uma lida nesse tópico no começo do ano eu não teria rodado em um concurso público, não passei por UM ponto ( e uma das questões era exatamente sobre radio digital)
A vida é uma caixinha de surpresas...

Miguel

  • Aço Inox
  • ****
  • Mensagens: 4.758
  • Dr. em ciências ocultas e letras apagadas
    • Ver perfil
Re:Radiodifusão Digital Terrestre
« Resposta #11 Online: Maio 26, 2015, 10:56:31 am »
Pqp

se eu tivesse dado uma lida nesse tópico no começo do ano eu não teria rodado em um concurso público, não passei por UM ponto ( e uma das questões era exatamente sobre radio digital)

O vestibular da faculdade Mackenzie dos anos 70 e bala deixou indignados a japoneizada CDF feras de plantão dos cursinhos famosos da época.

Havia uma questão sobre previdência que tratava do auxílio maternidade, porque houve uma época em que o INSS dava um salário mínimo de ajuda no nascimento de cada rebento.

Mais desprovidos que os japas que viviam só para estudar eram os segurados da previdência que tinham filho só para receber a bagaça, rs

Os Japas acertaram quase todas de trigonometria, mas esta da previdência eu sabia.

Fiquei na classificação 211ª e poderia cursar a engenharia eletrônica, um dos problemas é que eu tinha de trabalhar e quem estudava engenharia à noite não recebia o diploma de engenheiro pleno e por consequência as empresas não davam emprego ou pagavam uma merreca, rs

Como era uma situação em estudo, resolvi não arriscar, depois com o passar dos anos  mandaram os engenheiros operacionais, como eram conhecidos, camelar mais 2 anos no banco da escola para se tornar plenos, rs.
"Algum dia,  invariavelmente,  haveremos de encontrar com nós mesmos, e somente de nós vai depender que seja a mais amarga das horas ou nosso momento melhor"

Pksato

  • Aço Inox
  • ****
  • Mensagens: 1.325
  • Maringá, Pr
    • Ver perfil
    • desconexão.net
Re:Radiodifusão Digital Terrestre
« Resposta #12 Online: Dezembro 05, 2015, 20:00:19 pm »
Video não esta bom, o audio com latidos...
All India Radio, transmissão digital em 7550kHz, a uns 15mil quilômetros daqui, com a propagação ajudando.
São dois programas, o principal com noticias (retransmissão da BBC) e outra com música.
[youtube]fsvxbXFINSg[/youtube]

O rádio e esse
« Última modificação: Dezembro 05, 2015, 20:01:57 pm por pksato »
Se os seres humanos não moverem seus lábios, seus cérebros começarão a funcionar. Don't Panic.

Fernando Imme

  • Aço Inox
  • ****
  • Mensagens: 2.248
  • Blumenau-SC
    • Ver perfil
Re:Radiodifusão Digital Terrestre
« Resposta #13 Online: Dezembro 07, 2015, 01:06:33 am »
outro dia ainda ia te perguntar como ta o funcionamento do Morphy Richards

Pksato

  • Aço Inox
  • ****
  • Mensagens: 1.325
  • Maringá, Pr
    • Ver perfil
    • desconexão.net
Re:Radiodifusão Digital Terrestre
« Resposta #14 Online: Dezembro 07, 2015, 14:13:18 pm »
outro dia ainda ia te perguntar como ta o funcionamento do Morphy Richards

Quase não estou usando ele. Ultima coisa que fiz foi instalar um jack P2 para antena externa.

All Radio India agora demodulado no PC.
[youtube]X-7jZJRZa8o[/youtube]

Se os seres humanos não moverem seus lábios, seus cérebros começarão a funcionar. Don't Panic.

 

Templates: 2: index (default), Display (default).
Sub templates:6: init, html_above, body_above, main, body_below, html_below.
Arquivos de idioma:2: index+Modifications.english (default), index+Modifications.portuguese_brazilian-utf8 (default).
Folhas de estilo:0: .
Arquivos incluídos:17 - 528KB (show)
Acertos de cache:11: 0,00110s para 12.385 bytes (show)
Queries usada: 17.

[Mostrar Consultas]